Textos


TALVEZ SEJA AMOR!
 
Talvez seja amor, e se for, que seja eterno,
Seja a paixão avassaladora e sem fim.
A primavera florida longe do frio inverno,
Vivamos o calor de uma noite de amor assim.
 
Talvez um longo beijo nos leve a loucura,
Nossos lábios ardentes e molhados.
Seja o puro mel, de nosso amor, a doçura,
Que só sentem aqueles casais apaixonados.
 
Talvez nossos olhares possam traduzir,
O que nossos corações não mentem.
Mas nossas falas insistem em inibir,
Os desejos que vertem de nossos corpos ardentes.
 
Talvez o perfume de uma flor rubra,
Seja o ponto de partida para vivermos.
O amor que ao nosso corpo cubra,
Numa noite de verão o amor brindará.
 
Talvez essa miragem se torne real,
Nossas mãos se unam em doces carinhos.
Perfeitos para tornar o amor imortal,
Selando de vez nossos novos caminhos.
 
Talvez tenhamos nascidos para nos amar,
Quem sabe possamos descobrir nessa hora.
Toda beleza de poder amar, e se apaixonar,
De corpo e alma viver o amor que em nós aflora!
 
Ronaldo Balbacch
 
São Paulo-SP, 14 de novembro de 2016.

Aproveite e conheça o meu site do escritor! Conheça outros poemas, registe sua presença no livro de visitas, comente os poemas, e participe de todas as obras literárias que eu escrevi para vocês!

Obrigado(a)
Nesse link:

http://www.ronaldobalbach.prosaeverso.net/livrovisitas.php
 
RONALDO BALBACCH
Enviado por RONALDO BALBACCH em 14/11/2016
Alterado em 14/11/2016

Música: LOVE STORY - BETHOVEN

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr