Textos


RAZÃO DO MEU VIVER!
 
Como conter esse turbilhão que invade a alma,
Esse sentimento de amor oculto e preciso.
Eterno querer de desejos que me tira a calma,
Não é possível me conter ao ver o teu sorriso.
 
Com conter essa espera continua e louca,
Que brota dentro do meu ser desejoso.
De um dia sentir o gosto de tua boca, 
Provar desse mel tão doce e precioso.
 
Como conter o teu olhar, tão intrigante,
Que me leva a horizontes perfeitos.
Para viver o sonho do eterno amante,
De te abraçar ao toque de belos peitos.
 
Como conter esse sentir constante,
Que invade a minha alma apaixonada.
O coração que dispara por um instante,
Quando o desejo aflora por ti minha amada.
 
Como conter esse amor que brota,
Como a vertente que ao coração inunda.
Porque deixei aberta do amor a comporta,
Da emoção que nesse rio emerge e inunda.
 
Como viver sem o teu amor,
Sem se apaixonar, pois não posso te esquecer,
Mulher do meu jardim, a mais perfumada flor,
Capaz de dar vida aos meus dias e me fazer viver!
 
Ronaldo Balbacch
 
São Paulo-SP, 08 de maio de 2016.

Aproveite e conheça o meu site do escritor! Conheça outros poemas, registe sua presença no livro de visitas, comente os poemas, e participe de todas as obras literárias que eu escrevi para vocês!

Obrigado(a)
Nesse link:

http://www.ronaldobalbach.prosaeverso.net/livrovisitas.php
 
RONALDO BALBACCH
Enviado por RONALDO BALBACCH em 08/05/2016
Alterado em 09/05/2016

Música: LOVE STORY - BETHOVEN

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr